NOSSA HISTÓRIA

O município de Nova Olinda do Maranhão foi criado em 10 de novembro de 1994 pela lei Nº 6.159.[7]

A historia de Nova Olinda do Maranhão tem seu inicio exatamente no ano de 1963, com a chegada do senhor Antonio Araújo da Silva (Antonio Ferreira) com sua esposa do Maria Oneide, ainda chegaram as famílias de Antonio Feitosa Bezerra (Gurupi), Pedro Sois, Acelino Bezerra, João Bezerra e Gonçalinho Porfírio. Todos vinham buscar terras que fossem férteis para o cultivo do arroz, mandioca, milho, feijão e outros produtos. Naquele mesmo ano foram feitas as primeiras aberturas nas matas. As primeiras habitações (Barracos) foram feitos onde é atualmente o cemitério local e próximo à atual Rua da Igreja, pois havia água nas proximidades no chamado igarapé do barraco. No ano de 1963, no dia 03 de fevereiro, Antonio Ferreira trouxe sua esposa à senhora Maria Oneide de Azevedo, a quem se atribui o nome de Nova Olinda, esse nome era o mesmo de um povoado que eles haviam morado nas margens do rio Parnaíba (lado maranhense), foi confeccionado uma placa e colocado nas proximidades do bairro Trator(Bem vindos a Nova Olinda)

Primeira Missa - Foi rezada no ano de 1964 pelo Padre Joaquim em uma residência, nos anos seguintes as missas foram realizadas na Igreja velha (Capela atual de Santa Terezinha)

Primeiro Nova-olindense - Raimundo Nonato Bezerra, foi o primeiro nascido em Nova Olinda em 31 de agosto de 1964, filho de Acelino Bezerra, parto realizado em casa de dona Maria Oneide.

Nos anos seguintes surgiram mais habitações, surgindo então os primeiros bairros, o Trator foi o primeiro a formar-se, depois bairro da piaba. Em 1973, chegam os missionários (Robert e Dollores), vindos dos Estados Unidos, que moravam onde é atualmente a rua dos Americanos (a rua era chamada antes da chegada dos missionários de "Faca Larga" por causa de um morador que possuia um faca nesse formato.Eles tinham o trabalho de evangelização junto aos indígenas (URUBUS KAAPOR). O casal trouxe várias mudas e sementes de acerola, abóbora, pepinos e o mais destacado o guaraná, eles tinham uma panela especial para fazer conservas de alguns produtos. Nos anos seguintes a localidade recebeu varias famílias vindas de outras regiões e outros estados, todos vinham em busca de melhores dias, o trabalho básico eram a agricultura e exploração da madeira. Com a nova abertura da estrada (BR 316) o povoado foi crescendo de forma gradativa, sendo em poucas décadas destaque na região. Alguns estados como Ceará, Piauí, Pernambuco e Alagoas, contribuíram para a formação do nosso povo. Nova Olinda tem atualmente 7 bairros, sendo eles o Bairro Novo, da Piaba, Sales, Vila Iracy, Vila Esperança, do Trator, Centro

 

 




HINO DA CIDADE


LEI DE CRIAÇÃO

MUNICÍPIO DE NOVA OLINDA DO MARANHÃO

Lei n° 6.159 de 10 de Novembro de 1994. Cria o Município de Nova Olinda do Maranhão e dá outras providências.

 

O Governador do Estado do Maranhão,

Faço saber a todos os seus habitantes que a Assembléia Legislativa do Estado decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

DA CRIAÇÃO DO MUNICÍPIO

Art.1° - Fica criado o Município de Nova Olinda do Maranhão, com sede no Povoado Nova Olinda, a ser desmembrado do Município de Santa Luzia do Paruá, subordinado à comarca de Santa Luzia do Paruá.

Art.2° - O Município de Nova Olinda do maranhão limita-se ao Norte com o Município de Santa Luzia do Paruá; a Leste com o Município de Santa Helena; a Oeste com o Município de Santa Luzia do Paruá e ao Sul com o Município de Araguanã.

LIMITES TERRITORIAIS

a) Com o Município de SANTA HELENA:

Começa no ponto de interceptação da estrada carroçal que vem e passa nas quadras XVII, XVI e XV com a linha de limite entre os municípios de Santa Luzia do Paruá e Santa Helena; daí segue pelo alinhamento reto na direção aproximada do Sul, linha definida entre a passagem da linha do Telégrafo Nacional sobre o rio Turiaçú e sobre o rio Urubuçu até seu ponto de interceptação com o talvegue do rio Turiaçú, no Povoado Alto Turi.

b) Com o Município de ARAGUANÃ:

Começa no ponto de cruzamento da linha do antigo Telégrafo Nacional com o talvegue do rio Turiaçu, no Povoado Alto Turi; daí segue pelo talvegue do referido rio à montante até seu ponto de interceptação com o alinhamento da área Indígena Alto Turi, no Povoado Cacuri.

c) Com o Município de SANTA LUZIA DO PARUÁ:

Começa no ponto de interceptação do talvegue do rio Turiaçu com o alinhamento da área Indígena Alto Turi; daí segue pelo referido alinhamento na direção Noroeste até seu ponto de interceptação com a estrada carroçal da quadra B6 da Companhia de Colonização do Nordeste (COLONE), daí segue pela referida estrada da B6 até seu ponto de interceptação com a Rodovia BR-316, no Povoado Monte Alegre, inclusive; daí segue pela BR-316 até seu ponto de interceptação com a estrada carroçal da COLONE, passando nas quadras XVII, XVI e XV até o limite entre os municípios de Santa Luzia do Paruá, Santa Helena e Nova Olinda do Maranhão, ora criado.

DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS

Art.3° - Nos quatro primeiros anos da instalação do Município de Nova Olinda do Maranhão serão observadas as seguintes normas constitucionais:

I – A Câmara Municipal será composta de nove Vereadores;

II - A Prefeitura Municipal terá no máximo cinco Secretarias;

III – As despesas orçamentárias com pessoal não poderão ultrapassar a cinqüenta por cento da receita do Município.

Art. 4º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Mando, portanto a todas as autoridades a quem o conhecimento e a execução da presente lei pertecerem que a cumpram e a façam cumprir tão inteiramente como nela se contém. O Excelentíssimo Senhor Secretário de Estado Chefe da Casa Civil do Governador a faça publicar, imprimir e correr.

Palácio do Governo do Estado do Maranhão, em São Luis, 10 de novembro de 1994, 173º da Independência e 106º da Republica.

JOSÉ DE RIBAMAR FIQUENE
Governador do Estado do Maranhão
CÉLIO LOBÃO FERREIRA
Secretário de Estado da Casa Civil do Governador
RAIMUNDO NONATO CORRÊA DE ARAÚJO NETO
Secretário de Estado da Justiça


PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL Nº 215 DE 10 DE NOVEMBRO DE 1994
PROJETO DE LEI Nº 335/94
DEPUTADO – JORGE PAVÃO
 

 

Este texto não substitui o original publicado em imprensa oficial.



Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!